Alckmin é citado na lista do Fachin. Bom para Doria

Hícaro Teixeira – 12.04.2017

Cada vez mais o sonho de Geraldo Alckmin de concorrer à Presidência está longe. As portas se abrem mais para João Doria, prefeito de SP, que até aqui tem tido um tom de presidenciável. Acontece que o governador de São Paulo, foi citado na lista de Fachin por usar o cunhado, Adhemar César, a pegar R$ 10 milhões do setor de propinas da Odebrecht, segundo delatores.

Alckmin nega. “Jamais pedi recursos irregulares em minha vida política, nem autorizei que o fizessem em meu nome. Jamais recebi um centavo ilícito. Da mesma forma, sempre exigi que minhas campanhas fossem feitas dentro da lei”.

Doria é a única alternativa para o PSDB. Nem preciso mencionar o Aécio, né?

Zeca Dirceu, filho do Zé Dirceu, aparece na lista do Fachin

Hícaro Teixeira – 12.04.2017

O deputado Zeca Dirceu (PT), filho do ex-ministro preso José Dirceu, puxou o pai. Ele está na lista do Fachin, por ser suspeito de receber repasse não contabilizado de duas quantias de R$ 250 mil para financiar suas campanhas eleitorais dos anos de 2010 e 2014, segundo o inquérito autorizado pelo ministro do STF.

Em nota, o deputado nega . Ele diz que nunca entrou em contato com empresas investigadas na Lava-Jato.